fbpx
amy-hirschi-JaoVGh5aJ3E-unsplash

Networking: 12 passos para se tornar um networker brilhante

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

     

Autora: Lisandra Thomé

Ter uma boa rede de relacionamentos é essencial para qualquer profissional que deseja crescer e ter boas oportunidades profissionais.

Além de você precisar ser muito bom tecnicamente, para você conseguir ter boas oportunidades que o ajudarão a construir o seu sonho de carreira ou aquele seu tão sonhado projeto, será fundamental você ter as pessoas certas e estratégicas lhe auxiliando.

Sabe aquele velho ditado, “diga com quem andas que lhe direi quem és”? Pois então, se você tiver uma boa rede de relacionamentos, além de competência e profissionalismo, você terá mais chances de excelentes oportunidades na vida.

Por isso, o networking é fundamental para quem deseja ter mais e melhores oportunidades.

O problema é que a maioria das pessoas recorre ao networking de forma equivocada, ativando a rede somente quando estão precisando de alguma coisa (o que muitas vezes passa a impressão de mero interesse), não gerando resultados efetivos.

Uma das maiores premissas para a construção de uma boa network é que você a construa antes de precisar de alguma coisa e a mantenha sempre forte.

Qual a sua ideia sobre networking?

Como você costuma fazer networking?

Muita gente tem uma ideia de que networking está associado apenas a frequentar eventos, conhecer pessoas novas e distribuir todos os cartões de visita.

Mas, essa é uma prática equivocada e ineficaz de networking.

Afinal, o que é networking?

Networking não se trata de quanta gente você conhece, mas de quem você conhece.

É mais importante construir relacionamentos mais profundos e significativos do que simplesmente mais quantidade de relacionamentos, pois o networking eficaz é aquele onde você se relaciona com poucas pessoas com o propósito de benefício mútuo.

Para a construção de um bom networking é necessário se atentar a algumas premissas básicas que podem ser resumidas em 12 mandamentos que todo networker brilhante segue:

Os 12 Mandamentos do Networking:

1. Mantenha-se informado e saiba quais são os interesses do seu cliente. Quando você tem um segmento ou um nicho de cliente específico, fica mais fácil você estudar o seu cliente, saber sobre as suas necessidades e seus interesses e ter uma comunicação mais efetiva com ele. Assim, quando for a eventos em que o seu nicho de cliente também esteja, a sua comunicação será muito mais assertiva e gerará muito mais interesse no seu cliente;

2. Tenha uma breve explicação interessante sobre o que você faz profissionalmente.

Crie o seu próprio script rápido e objetivo sobre o que você faz para não ficar chato e gerar interesse nas pessoas para quem você se apresenta. Quando você conhece alguém e essa pessoa te faz a velha pergunta “O que você faz” e você responde: “Eu sou advogado”, essa pessoa vai pegar a caixa preta dela de advogados e vai te colocar lá e depois ela vai tender a mal ouvir qualquer outra coisa que você tem a dizer por que ela vai presumir que já sabe tudo o que precisa saber sobre advogados. Ao apresentar-se, faça de maneira que o outro não o coloque na caixa preta. Ao invés de informar à pessoa a sua profissão, informe a ela como você ajuda seus clientes com o que você faz;

3. Programe suas atividades de networking, antes e depois. Quando for a eventos ou encontros profissionais vá com objetivos pré-estabelecidos e prepare-se para o encontro. Após o encontro, faça um acompanhamento dos contatos que fez. Não adianta nada você ir a encontros de networking, fazer contatos com um monte de pessoas, trocar cartões se, após o encontro, você não faz mais qualquer acompanhamento dos contatos que fez e não mantém contato para estreitar os laços;

4. Seja pró-ativo e inicie conversas nos eventos e lugares onde esteja. Se você quer ser um networker brilhante você precisa ser mais atento e estar disposto a iniciar conversas com pessoas em quem você vê potencial de relacionamento futuro, seja como prestador de serviços, parceiro de negócios, sócio ou funcionário;

5. Fale menos e ouça mais. Se você deseja construir uma rede de contatos sólida, esteja disposto a conhecer mais sobre o outro, interesse-se em saber sobre seus objetivos, suas habilidades, seus interesses e suas conquistas e use essas informações para personalizar suas conversas, gerar conexão e fazer um follow up depois. Quando você demonstra um interesse genuíno pela outra pessoa, ela também se interessa por você e naturalmente você se mostra muito mais interessante para ela sem precisar se vender. O bom networker tem dois ouvidos e uma boca e sabe utiliza-los proporcionalmente;

6. Pense givers-gain. Antes de focar em fazer uma venda imediata, preocupe-se em se tornar conhecido e confiável para os outros. De que adianta você ser especialista em alguma área se ninguém o conhece o suficiente para pensar em ligar para você ou te referenciar para outra pessoa? Para isso, busque construir relacionamentos verdadeiros e duradouros a longo prazo com os seus contatos, preocupando-se, primeiro, em ajuda-los a melhorar os seus negócios a fim de que essas pessoas se sintam compelidas em lhe ajudar depois.

Criando uma imagem positiva para si próprio você poderá atrair boas oportunidades de negócios;

7. Alterne os lugares onde frequenta, tanto para o cafezinho, como para as compras ou cursos de atualização. Você tem que ter em mente que a toda hora pode fazer networking, conhecer pessoas diferentes e gerar novas oportunidades;

8. Frequente locais e eventos onde o seu nicho costuma frequentar. Você não precisa estar em todos os eventos que aparecem. Se você conhecer bem o seu público poderá escolher estrategicamente os lugares certos para fazer as suas atividades de networking. Lembre-se que o networking efetivo se trata muito mais de quem você conhece do que de quanta gente você conhece;

9. Tenha sempre seus cartões de visita com você e organize os cartões de visita que você recebe. Se você estiver juntando os cartões que pega em eventos de networking sem nenhum sistema para guarda-los, classifica-los e acessa-los, está perdendo muito tempo e esforço. Seu banco de dados é a sua rede de contatos. Você deve cuidar dele, eliminar o que não serve e acrescentar o que for adequado.

10. Junte-se aos grupos certos de pessoas. Junte-se a associações, organizações, institutos, clubes ou grupos onde o seu público alvo esteja;

11. Desenvolva a sua reputação como um conector – As pessoas querem conhecer pessoas que têm conexões, quando você tem uma rede que pode consultar para outras pessoas, você se torna um conector. Você se torna alguém que os outros chamarão sempre que precisarem ou quiserem que alguma coisa seja feita. Isso o estabelece como a pessoa que faz as conexões e permite que você seja útil para muitos outros, dentro e fora da sua rede;

12. Acima de tudo, seja sempre você! Sinceridade, lealdade e comprometimento com o que você faz, muitas vezes são mais importantes do que todas as técnicas acima.

Bom, acredito que colocando algumas dessas dicas em prática você já perceberá mudanças significativas na construção da sua network. Depois me conta!

Boa sorte e bom networking!

 

Gostou do texto? Curta, comente e compartilhe com os seus amigos nas redes sociais.

 

Quer se manter atualizado sobre a nova realidade tecnológica e multidisciplinar do mercado jurídico? Acesse nossa agenda e fique por dentro dos próximos workshops e cursos no ProAdv Work.

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp

Deixe um comentário

Comments 1

  1. Jamari Maria Coutinho Martins says:

    Caríssima Lisandra Thomé,
    Muitas das vezes ficamos presos no nosso mundo e esquecemos de como é importante nos relacionarmos na forma assinalada no teor do seu texto. Obrigada por nos mostrar estratégias/soluções tão importantes de como nos relacionar com as pessoas nos eventos e lugares de forma correta, são dicas preciosíssimas.
    Cordial abraço,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2019 – All Rights Reserved – PROADV by IMPACTA

Entre em contato

× Como posso te ajudar?